Weby shortcut
Youtubeplay

Submissões de trabalhos

Atualizado em 08/09/19 12:08.

Acesse ao Template SEMIC 2019 Versão Final 

QUEM PODE SUBMETER TRABALHOS

- Doutores;

- Doutorandos, de preferência em coautoria com seu(s) respectivo(s) orientador(es);

- Mestres, quando se tratar de resultado de pesquisa de mestrado, de preferência em coautoria com seu(s) respectivo(s) orientador(es);

- Mestrandos, obrigatoriamente em coautoria com seu(s) respectivo(s) orientador(es);

- Graduados , obrigatoriamente em coautoria com seus respectivo(s) orientador(es);

- Alunos PIBIC, obrigatoriamente em coautoria com seu respectivo(s) orientador(es).

 

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE DECLARAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS

As informações prestadas neste Evento serão usadas exclusivamente para os serviços prestados neste âmbito, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 

DECLARAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS 

Autores que submetem ao XIII SEMIC -2019  concordam com os seguintes termos:

a) Autores mantém os direitos autorais sobre o trabalho, permitindo à conferência colocá-lo sob uma licença Licença Creative Commons Attribution, que permite livremente a outros acessar, usar e compartilhar o trabalho com o crédito de autoria e apresentação inicial nesta conferência;

 

SUBMISSÃO

Para submissão de trabalhos é necessário se cadastrar na plataforma do evento. Em sua página de usuário, iniciar processo de submissão. Não esqueça de realizar a inscrição no evento para recebimento de certificado.

Cadastro na plataforma do evento

Faça aqui sua Inscrição 

Acesse as Orientações para Submissão

Acesse ao Template SEMIC 2019 Versão Final 

Para realizar a submissão de trabalhos clique aqui

 

EIXOS TEMÁTICOS

GT 1 - Leitura Crítica da Mídia (Coordenadores: Simone Tuzzo e Claudomilson Braga)

O GT Cidadania e Leitura Crítica da Mídia busca a discussão dos produtos midiáticos impressos ou eletrônicos a partir de uma análise contemporânea, discussão de metodologias e o desenvolvimento de novas metodologias de análises qualitativas e quantitativas. Também procura Identificar a relação entre mídia e processos de sociabilidade, socialização e exercício da cidadania nas sociedades contemporâneas existentes nos discursos midiáticos e uma busca epistemológica dos fundamentos para uma leitura crítica da mídia. O GT também procura discutir o papel da mídia numa sociedade em transformação onde a relação entre informação e comunicação está cada vez mais em mutação. 

 

GT 2 - Interfaces da Comunicação (Coordenadora: Andréa Pereira dos Santos)

Estudo das práticas comunicacionais e sua inter-relação com outras áreas de estudos. As interfaces comunicacionais e seus reflexos nos processos constitutivos da comunicação e sua relação com a educação, com a ciberleitura, cibercultura, ciberespaço, com a política, com a religião, com a sociologia entre outras possibilidades de interconexão.

 

GT 3 - Mutações Discursivas: Comunicação, Literatura e Consumo (Coordenadores: Goiamérico Felício e Janaína Jordão)

As novas formações discursivas atravessam os diferentes campos dos saberes. Assim, os campos da comunicação, das novas tecnologias e da literatura são afetados formando uma plêiade de narrativas bastante variadas e complexas. Essas discursividades acabam provocando novas ressonâncias numa teia em que se imbricam os mais variados discursos. Dessa plêiade discursiva emergem, portanto, novas possibilidades de fruições, novas percepções e novas formas criativas que passam a exigir posturas outras que ensejem aberturas para o novo. No âmbito da cultura da mídia as discursividades, remetem a novos desafios e a novas possibilidades expressivas. Nesse sentido, fazemos a incitação no sentido de que realizemos reflexões que busquem problematizar o ser, o pensar, o sentir e as formas expressivas que demarcam a vida societária contemporânea.

 

GT 4 - Jornalismo e Cidadania (Coordenadora: Ana Carolina Temer)

Jornalismo e suas relações com a cidadania. A imprensa e seus compromissos com a o espaço urbanos e os direitos dos cidadãos. Responsabilidade social do Jornalismo. A questão do interesse público e do interesse do público. O jornalismo e a prestação de serviço de relevância social. Aspectos específicos do jornalismo e a questão dos valores notícia. As relações do jornalismo com o Estado e com grupos sociais organizados. Jornalismo e minorias sociais. Representações do jornalismo em questões de interesse público. Leituras históricos-culturais sobre a cidadania a partir de suas relações com o jornalismo. Jornalistas e o suas rotinas de produção nas questões de interesse público. O jornalismo e suas representações frente às questões éticas e legais.

 

GT 5 -  Identificações Culturais e História da Comunicação (Coordenadores: Ricardo Pavan e Rosana Borges)

Comunicação, cultura e sociedade: implicações e inter-relações. A afirmação do sujeito da comunicação e a produção cultural. Mediações culturais e processos de significação. Discursos comunicacionais, sentidos culturais e práticas sociais. História Cultural da Comunicação e do Jornalismo. Os veículos de comunicação e de jornalismo e a construção material e simbólica da sociedade em diferentes tempos históricos. Os significados e a historicidade da Comunicação em Goiás e suas correlações com a sociedade, a cultura e as existências. 

 

GT 6 - Corpo, Gênero e Subjetividade (Coordenadoras: Suely Henrique de Aquino Gomes, Luciene Dias e Deyvison Pereira da Costa)

Aborda e problematiza as configurações práticas, estéticas e discursivas e suas relações controversas com a conjuntura político-tecnológica contemporânea, enfatizando acima de tudo os dispositivos comunicacionais que constituem modos de ser, estar e vivenciar o mundo. Os temas que perpassam o GT são: as possibilidades estéticas, corporais e artísticas abertas pelas tecnologias de comunicação e informação; as formas de sociabilidade e subjetividade engendradas pela mídia;  as resistências e biolutas inerentes aos ambientes comunicacionais, incluindo aqui, as questões de gêneros e dos devires minoritário;  alternativas de construção de um ambiente plural após o advento das ações afirmativas; relações étnico-raciais, de gênero e de sexualidades em interface com estratégias comunicacionais capazes de positivar dispositivos de exclusão; alternativas para a construção de ambiente de respeito às diferenças.

 

GT 7 - Comunicação e Religiosidade (Coordenadores: Luiz Signates e Ângela Teixeira)

Estudos de interface da comunicação com os diferentes modos de religiosidade. Observação do especificamente comunicacional nas práticas religiosas. Religião e comunicabilidade. Mídia e religião. Religião e midiatização. Jornalismo e religião, jornalismo religioso. Dialogicidade religiosa. Discursividade religiosa. Ecumenismo. Lutas e cismas religiosos. Processos de significação e circulação simbólica nos fenômenos religiosos.

 

GT 8 - Imagens, Cinema e Cultura Visual (Coordenadores: Ana Rita Vidica e Lara Satler)

As imagens técnicas como participantes da cultura e da formação de subjetividades. Como as imagens fotográficas e cinematográficas se relacionam com aspectos comunicacionais formando o universo da cultura visual. Percepção dos processos de circulação e (re)significação das imagens na contemporaneidade.

 

GT 9 - Convergência e Tecnologias Digitais (Coordenadora: Nélia Del Bianco)

Abrange estudos e pesquisas, dentro de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas, a respeito das estratégias e práticas da mídia tradicional desenvolvidas em ambientes  multiplataforma e convergentes. Processos de digitalização em diferentes mídias. Conteúdos digitais em seus múltiplos aspectos e interconexões com a questão comunicacional. Contempla também investigações  que revelem e/ou analisem a aplicabilidade dos conteúdos digitais desenvolvidos para as novas plataformas tecnológicas, transmitidos em tempo real ou por demanda, entre diferentes grupos sociais. Entre as plataformas podem ser destacadas TV, rádio, PC, dispositivos móveis (smartphones e tablets), serviços de streaming de áudio e vídeo